SPI International se prepara para operar no mercado brasileiro de TV paga


Nova programadora SPI de canais deve começar a operar no brasil em breve. (Divulgação)
A programadora europeia SPI International trabalha nas versões em português dos seus canais e em breve deve começar a operar no Brasil, contou em entrevista à NexTV News Brasil Gustavo Mónaco, diretor de distribuição para América Latina e o Caribe da empresa.

“Estamos em conversações com os principais operadores e associações. Esperamos ter o conteúdo em português em breve para começar a distribuição”, disse Mónaco, que participou do evento NexTV Series South America na Argentina.

A SPI tem 36 canais em seu portfólio internacional, nove desses para o mercado brasileiro: Fight Box, Fashion Box, Docu Box, Fast&Fun Box, FilmBox Arthouse, 360 Tune Box, MadScreen, Funbox 4K, e os canais para adultos Erox e Eroxxx. A empresa também oferece o serviço de streaming Filmboxlive, que inclui um catálogo de filmes, esportes, documentários e live-streaming de seis canais do portfólio.  A SPI já tem autorização da Anatel para atuar no mercado.

Mesmo com crise no Brasil, o executivo se mostrou otimista e disse que “cada crise é uma oportunidade”. “Os operadores precisam de produtos flexíveis, que estejam disponíveis on-line, streaming e em VOD. SPI oferece um produto para qualquer ponto do ecossistema digital”, afirmou ele.

Segundo Mónaco, “as empresas podem desenvolver modelos mixtos com canais lineares e oferta de serviços não lineares”.

Saiba mais sobre a programadora SPI: 

Nenhum comentário:

Comentários Ofensivos ou Irrelevantes e os que conter publicidades serão todos excluídos.

Tecnologia do Blogger.